Joana com Sapo On The Hop

Já dizia o Marco Paulo "Oh Joana , pensar que estivemos tão perto!" E estamos! Perto dos acontecimentos, perto dos eventos. SAPO e Joana Alves em missão de cobrir eventos por esse país fora. Fica On the Hop

Domingo, 14 de Agosto de 2011

SURF AT NIGHT | 13 DE AGOSTO

Depois do ritmo aquecido por Xibata o mestre Bezegol subiu ao palco para tocar para a maré de público que o aguardava, num concerto com uma troca intensa de vibrações entre a banda e o público, com temas cantados em coro como “Tempo”, chuva de isqueiros no tema “Fire” e muita dança reggae.

 

Em conversa com o sapo on the hop o rude boy Bezegol estava contente com o concerto, no segundo ano que vem ao Surf at Night, mas desta vez com a banda: “foi como tocar casa”.

Com um público animado, a banda trouxe músicas de amor e contestação social, que muito traduzem as vivências e as dificuldades dos portugueses em geral.

Apesar de músicas como “Fora de lei” não terem sido criadas com conotação política, acabam por transmitir a opinião de quem se importa com a política, com as injustiças sociais. Como cidadão, como pai, como trabalhador, Bezegol sente os problemas do dia-a-dia e criar músicas sobre este assunto é como “expulsar demónios” é como afirmar uma opinião.

Por outro lado referiu que “daqui a 3 anos esta música pode fazer sentido, e isso preocupa-me”, sabe que não vai conseguir mudar o mundo com isto mas se mudar alguma coisa já é bom.

As dificuldades de um músico em Portugal também foram faladas, desde os custos de edição de um CD e as dificuldades de entrar no grande mercado e competir com a música mais comercial, mas ficou garantido que de uma forma ou de outra a música vai continuar a ser feita, editada em CD ou divulgada na internet como o tema “fora da lei” um dos sucessos do concerto.Sobre a situação do reggae em Portugal diz que o mais fácil acesso á informação e à música em geral, ajudou a espalhar a mensagem e conseguir mais admiradores, ao mesmo tempo que traz mais responsabilidade quando escreve as letras. Relembrou que há espaço para todo o tipo de música, “o importante é saber respeitar o espaço de cada um”.

Ficou ainda aponte que todos os meses no Armazém do Chá podemos ouvir o som de Bezegol (próximo dia 23 | SETEMBRO) e também pela Antena 3 com Rude Boy sound.

O concerto teve um final molhado, com a chuva aparecer de mansinho, mas ficou marcado pelos encores de “Fora da lei” e “Rude Sentido”. O Dj Ride deu continuidade ao reggae por mais um tempo, mantendo o público aquecido.

A noite terminou com os FUNKyou2 que trouxeram à vila do surf outras sonoridades mais pop e os grandes bits deste verão.

publicado por Joana - On the Hop às 06:04

mais sobre mim

Agosto 2011

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
12
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

pesquisar

 

últ. comentários

blogs SAPO


Universidade de Aveiro